Jessi Combs, de 36 anos, pilotava um carro a jato no deserto


A pilota americana Jessi Combs morreu na última terça-feira, 27, em um acidente de carro. A americana de 36 anos, que em 2013 atingiu atingiu a velocidade máxima de 637km/h, tentava bater seu próprio recorde em um carro movido a jato, no deserto de Alvord, em Oregon, nos Estados Unidos.

“Ela tinha o espírito mais incrível que já conheci. Infelizmente, perdemos ela ontem em um acidente horrível. Fizemos tudo humanamente possível para salvá-la”, lamentou Terry Madden, membro da equipe de Jessi, a North American Eagle Supersonic Speed Challenger.

No ano passado, Jessi alcançou os 777km/h, mas não realizou o percurso completo por problemas mecânicos. Seu grande objetivo era bater os 823km/h, alcançado por Kitty O’Neil, em 1976, e se tornar a “mulher mais veloz de todos os tempos”

Combs era famosa no mundo automotivo e competiu em várias modalidades, incluindo o Rally. Com o sucesso nas pistas, ela se tornou apresentadora e técnica em programas de carro nos Estados Unidos, como Overhaulin, Truck U, MythBusters e All Girls Garage, além de exercer a função de fabricante de veículos.

Com as informações do Veja.