PMT conclui etapa de obra de galeria e libera vias centrais da Avenida João XXIII

0

Os próximos passos da execução dos serviços da obra interditarão as vias marginais da Avenida, sentido Centro-Leste e vice-versa

Com previsão inicial de 30 dias, a Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU Leste), por meio da atuação de profissionais técnicos, concluiu a execução dos serviços da Galeria da zona Leste em apenas 20 dias, nas vias centrais da Avenida João XXIII. Com a conclusão dessa etapa, os trechos já foram liberados, na manhã desta sexta-feira (26), para o tráfego normal de veículos.

Segundo o superintendente da SDU Leste, João Pádua, o andamento avançado da obra é o reflexo da celeridade dos serviços executados pelo órgão municipal. “Estamos muito satisfeitos com o andamento dos serviços. A previsão para que ocorresse a liberação seria entre o final do mês de julho e o início do mês de agosto, mas com a objetividade dos serviços e a dedicação aos finais de semana conseguimos antecipar essa ação para hoje e, consequentemente, liberar as vias centrais da Avenida João XXIII”, ressaltou o gestor.

Ainda de acordo com Pádua, as etapas seguintes também terão total empenho dos responsáveis técnicos da Gerência de Obras e Serviços da SDU Leste, bem como da Construtora Sucesso. “Ainda temos muito que fazer pela frente, mas esperamos manter o ritmo acelerado. Sabemos que essa obra é um dos nossos grandes desafios aqui na região e nós esperamos que, no próximo inverno, a população já possa contar com essa importante obra de drenagem das águas das chuvas”, completou.

Os próximos passos da execução dos serviços da obra interditarão as vias marginais da Avenida, sentido Centro-Leste e vice-versa para promover o andamento da construção da Galeria.

O superintendente executivo, Engº Ângelo Cavalcante, avaliou positivamente a execução das etapas da galeria. “Finalizamos uma fase de grande complexidade para todos nós que foi a travessia de uma das maiores avenidas de Teresina, a Avenida João XXIII. Aliado às etapas de construção da obra, sempre procuramos estudar as medidas necessárias para minimizar os transtornos à população. O resultado da construção da galeria trará inúmeros benefícios, mudando a vida de muitas pessoas que moram na região”, ressaltou.

Considerada uma obra complexa, a galeria tem investimento superior a R$ 49,4 milhões, e terá aproximadamente 7 km de extensão, passando pelos principais pontos da região Leste da cidade. O objetivo é minimizar os transtornos causados com os alagamentos decorrentes das águas das chuvas. Os recursos são oriundos da Caixa Econômica Federal, com contrapartida da Prefeitura de Teresina.


Fonte: AsCom/PMT