O bispo ortodoxo de Morphou Neophytos causou polêmica ao afirma que crianças se tornam homossexuais durante a gestação por “culpa dos pais”. 

O líder cristão da cidade Akaki (Chipre), disse em rec discurso que quando uma grávida faz sexo anal ela transfere esse desejo ao filho, denunciou o grupo de defesa dos direitos LGBT Accept.

Ao Metro, Morphou disse que tudo acontece durante a gravidez, após um ato anormal entre os pais. “Para ser mais claro, sexo anal”, declarou o religioso.

Ele acrescentou ainda que ‘quando uma mulher gosta de sexo anal, um desejo nasce e ele é transferido para o filho’.

O assunto foi alvo de polêmica nas redes sociais.

O líder cristão da cidade Akaki (Chipre), disse em recente discurso que quando uma grávida faz sexo anal ela transfere esse desejo ao filho, denunciou o grupo de defesa dos direitos LGBT Accept.

Ao Metro, Morphou disse que tudo acontece durante a gravidez, após um ato anormal entre os pais. “Para ser mais claro, sexo anal”, declarou o religioso.

Ele acrescentou ainda que ‘quando uma mulher gosta de sexo anal, um desejo nasce e ele é transferido para o filho’.

Com informações do Extra.