Policiais da Delegacia Regional de Polícia Civil de Campo Maior, deram na quinta-feira, (18/07), o cumprimento ao mandado de prisão preventiva contra Antônio Gomes da Silva, acusado de matar a menor Sabrina da Silva Sousa, encontrada morta, em um matagal, ao lado da Igreja do Bairro São João, em Campo maior.

Antônio foi preso no final da manhã de quinta-feira, às 11h30, em sua residência, no Parque Recreio. A prisão dele foi autorizada pelo juiz Múcio Meira, da 1ª Vara da Comarca de Campo Maior.

De acordo com os policiais da DERPC, Antônio é acusado de ter assassinado, de forma cruel, a adolescente Sabrina da Silva Sousa, encontrada morta no dia 18 de março desse ano, em um terreno baldio, ao lado da Igreja do bairro São João, na cidade de Campo Maior PI.

Ao longo das investigações a Polícia Civil de Campo Maior, em razão dos indícios e provas produzidas no inquérito policial, pediu a prisão de Antônio e, com apoio da Diretoria de Inteligência, conseguiram efetuar a prisão do suspeito.

Segundo os policiais que trabalharam na investigação do crime, Antônio teria assassinado a mulher a socos, depois dela ter roubado sua carteira, contendo dinheiro e droga. “Os dois costumavam beber e usar droga juntos, mas do dia do crime se desentenderam e o acusado praticou o crime”, disse o policial Baker Martins. – Com as informações do Portal meio norte de comunicação.