Três pessoas morreram, esta segunda-feira, num tiroteio na cidade holandesa de Dordrecht, anunciou a polícia de Roterdão. Desavenças familiares podem estar na origem do incidente.

A Polícia de Roterdão, confirmou, entretanto, as informações que já circulavam nos meios de comunicação holandeses. Três pessoas morreram e uma ficou ferida com gravidade durante um tiroteio, esta segunda-feira, na cidade de Dordrecht.

“No incidente de tiroteio #Dordrecht #Heimerstein, três pessoas foram mortas. Uma pessoa ficou gravemente ferida. Mais detalhes seguirão o mais breve possível”, lê-se numa mensagem colocada online no Twitter da Polícia de Roterdão às 19.30 horas.

Uma hora antes, também no Twitter, a polícia de Roterdão dizia que o tiroteio tinha causado vários mortos, sem especificar o número de vítimas.

“Várias pessoas foram mortas num tiroteio” na cidade de Dordrecht, no distrito de Heimerstein, na Holanda, lê-se na mensagem da polícia de Roterdão.

“Estamos presentes com muitas pessoas e estamos a investigar o que aconteceu”, acrescenta o Twitter da polícia. O porta-voz, Wim Hoonhout, afirmou há instantes que na origem do tiroteio devem ter estado “desavenças familiares”, não avançado com mais informações.

Imagens do local do crime mostram uma forte presença policial no bairro residencial, com uma ambulância parada na rua.

O autarca de Dordrecht, Wouter Kolff, anunciou na rede social Twitter que ocorreu um “tiroteio extremamente grave” e que vai visitar ainda hoje o local

Fonte: JN