Polícia ouve pessoas que testemunharam homem atropelar namorada e amiga em Teresina

O Núcleo de Feminicídio da Polícia Civil já começou a ouvir os depoimentos das pessoas que testemunharam o atropelamento das vítimas Anuxa Alencar e Vanessa Carvalho pelo empresário Pablo Campos, na madrugada do último domingo (29/09).

Em reportagem da Tv Clube, Raíssa, uma das amigas de Vanessa Carvalho, desabafou sobre o ocorrido. “A gente vê acontecendo todo dia, cada vez mais, mas a gente pensa que nunca vai acontecer com alguém tão próximo da gente. Feminicídio não é um acidente que acontece… e para as pessoas ficarem atentas quando o outro está dando indícios que vai acontecer, porque a gente alertava, a gente dizia: ‘toma cuidado, isso não é normal’, disse.

Ainda segundo a reportagem, a família de Vanessa Carvalho conta com sete advogados de acusação, que durante essa semana apresenta diversas testemunhas que possam, de alguma forma, colaborar com as investigações, dentre elas, familiares e pessoas que presenciaram o ocorrido.

O celular de Vanessa Carvalho foi entregue à polícia nessa terça-feira (02/10) e a delegada responsável pelo caso terá até a próxima terça-feira (08/10) para apresentar o inquérito.

A vítima que sobreviveu à tentativa de feminicídio deve ser ouvida pela polícia nos próximos dias.

Fonte: 180 Graus.