Policiais faz buscas por assaltantes dentro de maternidade particular em cidade do Piauí

A assessoria de comunicação da maternidade informou que colaborou com a Polícia Civil e que o homem não foi localizado na unidade de saúde.


A Polícia Militar realizou buscas por dois suspeitos dentro de uma maternidade particular localizada na Zona Norte de Teresina, nesta quinta-feira (24). De acordo com a polícia, os homens teriam ameaçado e roubado a arma de um policial civil, que estava na companhia do filho, na quarta-feira (23). Até o momento os criminosos não foram encontrados.

Segundo o major Audivan Nunes, a polícia recebeu a informação que o veículo de um dos suspeitos estava estacionado diante da maternidade e que a companheira de um deles estaria no local, em trabalho de parto.

A assessoria de comunicação da maternidade informou que colaborou com a Polícia Civil e que o homem não foi localizado na unidade de saúde.

O roubo

O policial civil Joatan Gonçalves, do 6° Distrito Policial, foi vítima de um assalto na noite desta quarta-feira (23), enquanto visitava um amigo acompanhado do filho de nove anos. A vítima contou que estacionou o veículo na frente da casa e estava fazendo uma ligação para o amigo abrir o portão quando foi abordado por dois criminosos.

“Infelizmente eu e meu filho fomos surpreendidos por dois assaltantes que chegaram pedindo o carro e afirmando que se eu fosse policial iriam estourar os meus miolos e do meu filho também”, disse.

Ainda de acordo com o policial, a todo momento os criminosos pediam a arma e ameaçavam de morte os dois. “Pegaram os nossos celulares e pediam a todo instante minha arma. Nesse momento me distanciei do meu filho na tentativa de o proteger, até que me levantei e eles perceberam minha arma. Foi quando tive a certeza que iria morrer, mas graças a Deus a arma falhou e felizmente estou aqui contando a história”, explicou.


Fonte: G1/Cidade Na Net