Presidente do Palmeiras não vê nenhum ‘erro grave’ da arbitragem em vitória contra o Vasco

Na súmula da partida, Rafael Traci alegou que se sentiu ofendido pelo fato do defensor tê-lo xingando e proferido diversos palavrões.

0
283

Maurício Galiotte, presidente do Palmeiras, disse não entender as polêmicas de arbitragem na vitória do seu time por 2 a 1 contra o Vasco, na noite da última quarta-feira (6), em São Januário, em partida válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na zona mista após o confronto, o mandatário afirmou que não viu “nenhum erro grave” do juiz Rafael Traci e elogiou o uso do VAR (árbitro de vídeo).

“Achei que o jogo parou demais em momentos em que poderíamos ter mais agilidade. Mas as informações que tenho são de que, tecnicamente, não houve nenhum erro grave. Acho que isso é o mais importante. Sempre fui um defensor do VAR e continuo sendo”, falou.

Os vascaínos ficaram irritados com algumas decisões da arbitragem. O time carioca contesta uma possível falta de ataque de Luiz Adriano, do Palmeiras, no lance que originou o segundo gol do Alviverde. A expulsão de Leandro Castán, já na parte final do embate, também foi extremamente questionada.

Na súmula da partida, Rafael Traci alegou que se sentiu ofendido pelo fato do defensor tê-lo xingando e proferido diversos palavrões.

Alexandre Campello, presidente do Vasco também reclamou um possível pênalti de Thiago Santos, volante palmeirense. Traci, no entanto, nada marcou.

Para Maurício Galiotte, alguns lances foram interpretativos, mas não levantaram dúvidas e nem influenciaram no resultado final do duelo.

“A tecnologia no futebol agrega, faz com que os resultados se tornem justos. Agora, lances polêmicos e interpretativos, sempre vão existir e as opiniões são distintas. O árbitro está lá para fazer o papel dele. Mas, hoje, sinceramente, não vi nenhum lance que pudesse levantar dúvidas”, comentou.

Com o resultado, o Palmeiras fica a cinco pontos de distância do líder Flamengo, que enfrenta nesta quinta-feira (7) o Botafogo, no Engenhão.



CLIQUE AQUI PARA CURTIR A FRON PAGE DA MANCHETENET




Fonte:Redação Manchete Net/Jovem Pan