Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperaram na manhã desta sexta-feira (19) o veículo Tyota/Corolla em uma abordagem de rotina na BR-343 na cidade de Piripiri/PI.

No momento da abordagem, os agentes solicitaram os documentos do veículo e do condutor e ao realizarem inspeção minuciosa no veículo ficou comprovado que as placas de identificação do carro presentes não faziam referência ao bem apresentado. Ao realizarem um trabalho mais aprofundado ficou comprovado que o veículo em questão havia sido roubado na cidade de Teresina/PI no ano de 2016, comprovando a clonagem do bem.

Foi verificado pelos agentes que o condutor, um homem de 33 anos, já respondeu pelo crime de homicídio. De posse do condutor ainda foi encontrado 50g de uma substância análoga a maconha e R$ 3 mil em dinheiro. Na ação ainda foi detida a esposa do condutor de 32 anos. Dentro do veículo, viajavam duas crianças que eram filhos do casal e foram encaminhados para o conselho tutelar da cidade de Piripiri/PI.

Foi detectado pelos agentes que o Certificado de Registro e Licenciamento Anual do veículo apresentado pelo condutor possuía indícios de falsificação e foi comprovado através de levantamentos que as informações inseridas no documento eram falsas e tratava-se de documento pertencente a um lote roubado/furtado/extraviado do Detran-PI.

Diante dessa situação, o condutor foi enquadrado por Adulteração de sinal identificador de veículo automotor, Receptação e Uso de documento falso. O condutor e a esposa foram encaminhados juntamente com o veículo à Polícia Civil na cidade de Piripiri/PI para os procedimentos cabíveis.

Somente em 2019 a PRF já recuperou 109 veículos nas rodovias federais que cortam o estado do Piauí, superando em 31,48% a quantidade de veículos recuperados no mesmo período em 2018.


Fonte: Com informações do Nucom/PRF-PI/Portal 180graus.