O promotor Eliardo Cabral morreu na manhã desta segunda-feira (1) na UPA do Satélite, em Teresina.

Segundo a direção da UPA, o promotor chegou em ambulância do Samu hoje pela manhã e estava com diagnóstico de Covid-19.

Eliardo Cabral tinha comorbidade e  obesidade. Ele morreu agora há pouco na UPA. Os familiares providenciam o sepultamento. O velório terá que ser restrito, devido a pandemia.

O promotor ganhou notoriedade com os casos sobre o crime organizado, que culminou na prisão do ex-coronel José Viriato Correia Lima e o caso da estudante Fernanda Lages.

Eliardo Cabral ficou conhecido em todo o estado com suas entrevistas e posicionamentos polêmicos. Após a investigação da morte de Fernanda Lages, que não acreditava na tese do suicídio, o promotor se aposentou de suas funções. Atualmente, ele celebrava culto, já que era pastor da igreja evangélica.

 

Aguarde mais informações

 

Fonte:cidadeverde