O empresário Celso Silveira Mello Filho, acionista da Cosan, é uma das vítimas. Foto: Câmara Municipal de Piracicaba

Na manhã desta terça-feira (14.09) sete pessoas morreram após um avião cair em Piracicaba (SP). A aeronave caiu em uma área de mata no bairro Santa Rosa e, com a explosão, um incêndio teve início no local.

O avião saiu do Aeroclube de Piracicaba e caiu logo depois, por volta de 9h, em uma área verde ao lado da Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo (Fatec).  A causa do acidente ainda é investigada.

 

Após atingir alguns eucaliptos durante a queda, a aeronave explodiu e teve início um incêndio na mata ao lado da Fatec.  As vítimas foram carbonizadas e morreram no local.

O major do Corpo de Bombeiros de São Paulo, Marcos Palumbo, confirma que se tratam de sete vítimas e que pelas condições dos corpos a identidade será confirmada somente com perícia. “Segundo nos informou o Aeroclube de Piracicaba eram sete pessoas, incluindo piloto e co-piloto. O combate às chamas foi bem difícil tendo em vista a vegetação no local que também pegou fogo e ainda segue o rescaldo”, disse em comunicado.

A operadora da aeronave é a CSM Agropecuária Ltda, que tem em seu quadro de sócios Celso Silveira Mello Filho, que é cidadão piracicabano e irmão de Rubens Ometto Silveira Mello, presidente do Conselho de Administração da Raízen, uma das maiores empresas brasileiras com presença nos setores de produção de açúcar e etanol, distribuição de combustíveis e geração de energia.

Vídeo do Acidente:

 

Celso Mello Filho estaria acompanhado da esposa Maria Luiza Meneghel e dos filhos, além do piloto e do copiloto da aeronave. Trata-se de uma aeronave King Air 360 prefixo PS-CSM (como a foto abaixo). De acordo com informações preliminares o empresário estava indo para o Pará, onde tinha negócios que incluem a fazenda CSM, de criação de bovinos de corte no município de Santa Maria Das Barreiras, e uma instituição de ensino, a Faculdade de Ensino Superior da Amazônia (FESAM), que depois passou a ser comandada pela filha Camila, localizada em Macapá (AP).

O empresário Celso Silveira Mello Filho estava vindo ao Pará quando o avião bimotor que ele usava para o deslocamento caiu em Piracicaba, no estado de São Paulo.

As informações seguem sendo apuradas por nossa equipe de reportagem.

VEJA ABAIXO A NOTA OFICIAL DA RAÍZEN

Com enorme pesar, a Cosan informa que o empresário Celso Silveira Mello Filho estava com a família na aeronave King Air 360 que caiu na manhã de hoje, em Piracicaba, causando a morte de todos os ocupantes. Celso era acionista e irmão do presidente do Conselho de Administração da companhia, Rubens Ometto Silveira Mello. Também estavam no avião a esposa de Celso, Maria Luiza Meneghel, seus três filhos, Celso, Fernando e Camila, o piloto Celso Elias Carloni e o copiloto Giovani Gulo.

“Com as informações agrolink