Foto reprodução

Em uma noite fria um bilionário encontrou um velho pobre na rua.

– Você não sente frio por estar do lado de fora e sem casaco?
– Perguntou o bilionário.
– Tenho, mas me acostumei com isso.
– Disse o pobre velho.
– Espere por mim, pois entrarei em minha casa agora e trarei um casaco para você. Volto logo! – Disse o bilionário entrando em sua casa.
O pobre homem ficou tão feliz e disse que o esperaria.
O bilionário entrou em casa, ficou ocupado e se esqueceu do pobre homem. Pela manhã ele se lembrou do velhinho e saiu para procurá-lo, mas o encontrou já morto por causa do frio e uma carta ao lado dizendo:
“Quando eu não usava roupas quentes, tinha o poder de dar um jeito e lutar contra o frio por estar acostumado a isso, mas quando você prometeu me ajudar, eu me apeguei à sua promessa e perdi meu poder de resistir.”

Moral da História:

Não dê esperança a alguém se realmente não for cumprir o prometido. Sua promessa pode não significar nada para você, mas pode ser a diferença na vida de quem acreditou em suas palavras.
D.A
“Com as informações do Poema e Versos