A repórter Márcia Dantas fazia a cobertura do cortejo fúnebre do cantor de forró Gabriel Diniz (1990-2019), que morreu em um acidente aéreo na segunda-feira (27) para o Fofocalizando, do SBT, quando um homem tentou pegar o celular, Márcia deu um grito na transmissão ao vivo e conseguiu recuperar o aparelho. Ela estava em meio à multidão que acompanhava o trajeto do corpo de Diniz até o cemitério quando o incidente aconteceu. Segundo a repórter, um homem ten.

Márcia deu um grito na transmissão ao vivo e conseguiu recuperar o aparelho. Ela estava em meio à multidão que acompanhava o trajeto do corpo de Diniz até o cemitério quando o incidente aconteceu. Segundo a repórter, um homem tentou puxar seu celular enquanto ela contava o que estava acontecendo no local para os telespectadores. Márcia ficou visivelmente nervosa, e a câmera deu foco no homem, que fingiu não ter feito nada.

Roubaram o meu celular, roubaram o meu celular. Sai, me dá. Ele puxou o meu celular do meu bolso. Ia roubar o meu celular”, ela falou na hora. Após os gritos, um outro homem que estava no cortejo tirou o ladrão do Local.

No estúdio, Lívia Andrade ficou indignada com a falta de sensibilidade do delinquente, que tentou roubar uma repórter durante seu trabalho e num local em que pessoas sofriam a dor de perder seu ídolo. Confira o momento no vídeo abaixo, 

Fonte: Noticias da TV/Uol