Foto reprodução

Os representantes da SDU Centro-Norte participaram, hoje (16), de uma visita técnica junto com representantes da Associação dos Cadeirantes do Município de Teresina (Ascamte) às obras de acessibilidade na área central da cidade.

O objetivo do encontro foi verificar como está o andamento da obra em relação à acessibilidade para as pessoas com mobilidade reduzida.

Leia também:

Campo de Futebol Lucidão vai passar por manutenção e reforma

Para presidente da Ascamte, Wilson Gomes, a visita foi muito proveitosa. “Percebemos que alguns ajustes precisam ser feitos, especialmente, no piso, pois existe um espaçamento entre um bloquete  e outro, mas conversamos com a equipe da SDU para que essa questão seja resolvida. Ficamos satisfeitos com a largura das calçadas”, disse.

“Fizemos essa vistoria antecipada, mas consideramos a obra de acessibilidade no Centro da cidade muito viável. Observamos que serão necessárias algumas adequações, mas no geral o projeto é muito bom e temos certeza que teremos uma área central mais acessível para todos”, enfatiza o Assessor Técnico da Ascamte, Paulo Lima.

A engenheira da SDU, Adélia de Melo, considerou a visita muito positiva. “Estamos fazendo uma obra para que o Centro fique acessível para todos e contar com a colaboração das pessoas com deficiência que vão circular por aqui é muito importante para nós. A partir de agora vamos fazer os ajustes necessários”, complementou.

Acessibilidade

O projeto completo prevê uma série de intervenções na área, como implantação de ciclofaixas e calçadas com piso tátil, facilitando a mobilidade das pessoas com deficiência visual. Ao todo, somando os dois contratos de serviços, serão investidos mais de R$ 14 milhões, oriundos do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF).

*Com as informações do Cidade Verde