Ex-ministro da Justiça e Segurança Sergio Moro

A Globo anunciou na tarde deste domingo (24), que o ex-ministro da Justiça e Segurança Sergio Moro deu uma entrevista para o Fantástico e a matéria será exibida na noite de hoje. A conversa de Moro com Poliana Abritta vinha sendo mantida em segredo e pegou a todos de surpresa.

Na chamada divulgada pela emissora, foram exibidos alguns trechos onde o ex-integrante do governo faz duras críticas a Jair Bolsonaro. “Um mês depois de ter deixado o governo, Moro disse que faltou apoio do presidente Bolsonaro no combate à corrupção“, avisou a apresentadora do Fantástico ao anunciar a matéria bombástica no programa de hoje.

Sergio Moro chegou a pedir desculpas para os seguidores de Bolsonaro, alegando que ‘essa é uma verdade inconveniente’ e que a agenda contra a corrupção não teve apoio por parte do presidente.

Ainda segundo o ex-ministro, Jair Bolsonaro vem fazendo alianças políticas que seriam ‘questionáveis’, se referindo ao movimento de aproximação do chefe do Executivo com alguns parlamentares do Centrão, que são alguns partidos que não se posicionam na oposição e muito menos na situação.

Moro disse que sempre se manteve fiel aos seus princípios e que precisa se posicionar com a verdade e também com o que pensa, ao invés de ficar o tempo todo só concordando com o que Bolsonaro diz.

Se for assim, não precisa de um ministro, mas de um papagaio“, disparou o ex-ministro. A apresentadora quis saber a respeito da postura defensiva que Moro teve em uma reunião ministerial realizada o dia 22 do mês passado e que foi divulgada nesta última sexta-feira, dia 22.

Pelo próprio do tom da reunião, é muito claro que o contraditório não é algo fácil de ser realizado na ocasião. Essas situações me geraram absoluto desconforto“, explicou Sergio Moro.

Fonte:1News