A cantora Silvania Maria de Jesus, de 51 anos, morreu ontem após complicações da Covid-19 em Praia Grande, no litoral de São Paulo.

Ela ficou conhecida por encantar milhares de pessoas por sua alegria e por emocionar o apresentador Luciano Huck durante uma participação no quadro ‘Lata Velha’ do programa Caldeirão do Huck.

Na época que participou do quadro ‘Lata Velha’, em 2012, a equipe do programa reformou seu Escort XR3 usando a cor rosa em todo o veículo, após ela interpretar Madonna no Caldeirão do Huck.

Silvania já foi produtora, atuava como corretora de imóveis e, também, era cantora de uma banda chamada “Pink”, que levava esse nome porque era a cor predileta dela.

A vítima começou a sentir os sintomas da Covid-19 dia 3 de maio. Ela testou positivo para a doença e dia 5 foi internada, sendo transferida poucos dias depois para Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde foi intubada, mas não resistiu.

Silvania deixa três filhos e o clima é de comoção na família e amigos.

As informações são do G1 SP.