Sobe para 176 o número de mortos no desastre de Brumadinho

O número de mortos no desastre de Brumadinho (MG) subiu para 176. Os dados são da Defesa Civil de Minas Gerais. Cento e trinta e quatro pessoas continuam desaparecidas.

A barragem 1 da Mina do Córrego do Feijão rompeu-se em 25 de janeiro. Os bombeiros, no momento, fazem buscas na região de um almoxarifado da Vale.

“Foi localizado e retirado um corpo que estava as imediações do almoxarifado até o momento. Escavações continuam no local e devem prosseguir amanhã também”, disse Pedro Aihara, porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, por mensagem no WhatsApp.

Segundo Aihara, trabalham lá desde o fim da tarde de 4ª feira (20.fev). Há possibilidade de encontrar outros corpos na área.

“A gente já retirou um corpo do local e deve retirar mais corpos em breve, mas ainda depende das escavações. Como a estrutura está parcialmente destruída, a gente tem um carreamento de estrutura de corpos que estão na lama. Só quando a gente fechar a escavação é que vai ter este tipo de dado”, disse à Agência Brasil.

De acordo com a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, até 4ª estavam identificados 171 corpos de mortos na tragédia de Brumadinho e havia 139 desaparecidos.

(com informações da Agência Brasil)