Equipes de resgate procuram sobreviventes

O número de vítimas das fortes chuvas que atingem o Estado de Maharashtra, na Índia, triplicou e subiu para 138 nas últimas 23 horas.

Segundo o ministro de Auxílio e Reabilitação, Vijay Wadettiwar, cerca de 100 mil pessoas ainda precisam ser resgatadas da região. Nos últimos dias, as chuvas causaram estragos em vários distritos do Estado, especialmente as regiões rurais de Raigad e Konkan, que precisaram receber apoio de equipes de resgate.

“Devido à tempestade, há danos enormes em Konkan. Nesta situação crítica, todo o governo está trabalhando dia e noite para levar aos cidadãos para um lugar seguro”, afirmou o ministro.

A situação de Raigad foi classificada como “extremamente grave”, pelo líder da oposição na Assembleia Legislativa de Maharashtra, Devendra Fadnavis. Em todo o estado, imóveis foram destruídos, enquanto outros ficaram submersos. Carros e motos foram levados com a força da água. As equipes de resgate estão utilizando botes para conseguir se deslocar nas regiões inundadas. Segundo o Departamento de Meteorologia Indiano, as chuvas começarão a perder forma na região a partir deste domingo.

*Com informações da EFE