Urgente: João Neto da TV Clube é demitido,após 24 anos de emissora

“Aos 12 anos já brincava de fazer matérias. Usava objetos de casa como microfone e fingir estar gravando. Sempre soube que trabalharia com isso”, relatou ao site da empresa.


A demissão do jornalista João Neto da TV Clube, após 24 anos de emissora, foi motivada por uma reestruturação que a empresa passa.

Houve mudança na direção e muitas alterações devem acontecer também nas afiliadas do interior do estado.

A rede também passa por corte de custos, inclusive com mais demissões. O alto salário de João Neto, que foi um verdadeiro patrimônio da emissora como profissional, também pesou na sua demissão.

Nas redes sociais, milhares de internautas lamentaram a saída de João Neto da emissora. Ele foi um dos únicos que apresentou praticamente todos os programas da grade em mais de duas décadas na TV.

Sobre a demissão

Após 24 anos atuando como um dos principais jornalistas da TV Clube, João Neto, que apresentava o Bom Dia Piauí, foi demitido da emissora. O último programa que ele apresentou foi na sexta-feira da semana passada. Depois disso, recebeu a informação que seria demitido, sem a oportunidade de se despedir dos telespectadores.

O presidente do Sindicato dos Jornalistas do Piauí (Sindjor-PI), Luiz Carlos, confirmou a informação ao 180 e que a entidade está tratando do caso junto com a afiliada Rede Globo no Piauí.

Deste então, o jornalista foi substituído por Felipe Pereira, que continua ao lado de Neyara Pinheiro.

João Neto não vai cumprir aviso prévio, a empresa vai indenizá-lo. O jornalista além de apresentador do Bom Dia Piauí, também é advogado, presta assessoria jurídica ao Sindjor Piauí, e é vice-presidente da entidade. Também chegou a apresentar o Jornal da Clube, na FM Clube Teresina.

Há quem diga que João Neto vai receber uma ‘bolada’ com a rescisão do contato. Em 2017 o portal OitoMeia chegou a anunciar o jornalista como um dos mais bem pagos do Piauí, com salário de R$ 30 mil.

A história de João Neto

Em histórico divulgado pela Rede Clube, João Neto é natural de Parnaíba, no litoral piauiense, casado e pai de dois filhos. Além de apresentador de TV, João Neto também trabalhou em outras áreas do jornalismo desde o seu primeiro trabalho no rádio. Ele também já foi produtor e repórter.

“Aos 12 anos já brincava de fazer matérias. Usava objetos de casa como microfone e fingir estar gravando. Sempre soube que trabalharia com isso”, relatou ao site da empresa.

Sobre as notícias e coberturas que mais marcaram a sua carreira, ele apontou o rompimento da barragem de Algodões, na cidade de Cocal, em 2008. A tragédia matou muitas pessoas e até hoje alguns corpos ainda estão desaparecidos. “A violência desta tragédia me marcou como jornalista e pessoa, como poucas”, disse.

O apresentador, que também é advogado desde 2008, ressaltou ainda a importância da ética e do profissionalismo no ‘fazer jornalístico’. “A seriedade, a credibilidade e o compromisso com o telespectador devem ser prioridades. Eles devem nortear o nosso trabalho”, declarou.



Fonte:Redação Manchete Net/180 Graus