Urgente: Mulher é presa com carga de queijo avaliada em R$ 150 mil em Timon

Familiares de Edson Pantera identificaram que a mercadoria roubada pertencia ao comerciante.

Uma mulher identificada como Eurides dos Santos Bezerra Lucas foi presa na manhã desta quarta-feira (23/10), pela Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública do Piauí em parceria com a Polícia Civil do Maranhão, acusada de ter envolvimento no assalto que terminou no infarto e morte do comerciante Edson Pantera, no último domingo (20).


A prisão ocorreu dentro da residência  utilizada como depósito de mercadoria roubada, localizada na Vila Monteiro, no bairro Timon, no Maranhão. No local foi encontrado uma carga de queijo avaliada em R$ 150 mil, armas, munições, uma carga de chinelos e um caminhão roubado.


Segundo informações da SSP-PI, Eurides dos Santos é integrante de uma quadrilha que possuí ramificações no Ceará.

Familiares de Edson Pantera identificaram que a mercadoria roubada pertencia ao comerciante.

Após o reconhecimento da família, a acusada foi encaminhada para a Central de Flagrantes de Timon para realização dos procedimentos cabíveis.

Entenda o caso 

O comerciante Edson da Silva Ferreira, 48 anos, morreu durante um assalto na madrugada deste domingo(20). O vendedor de queijo, conhecido como Pantera, estava indo comprar mercadoria quando foi interceptado por assaltantes na cidade de Tuntum, no Maranhão.

Enquanto era mantido refém no porta mala, Pantera sofreu um infarto e morreu. O comerciante, que era hipertenso, ficou duas horas no compartimento. O corpo dele foi jogado em uma estrada próxima a Tuntum.


Fonte:Meio Norte