PF deflagrou 65ª fase da operação,  Investiga Transpetro e Belo Monte


A Policia Federal prendeu na manhã desta 3ª feira (10.set.2019) Márcio Lobão, filho do ex-senador Edison Lobão, na 65ª fase da operação Lava Jato.

Segundo o Ministério Público Federal (MPF), a nova fase da operação investiga esquema de corrupção no contrato da Transpetro, subsidiária da Petrobras, e da Usina Hidrelétrica de Belo Monte. Márcio Lobão e Edison Lobão teriam solicitado e recebido propinas dos Grupos Estre e Odebrecht em R$ 50 milhões entre 2008 e 2014.

Batizada de Operação Galeria, essa nova etapa da Lava Jato cumpre 11 mandados de busca e apreensão em São Paulo (SP), no Rio de Janeiro e em Brasília (DF).

O nome da operação remete às transações com obras de arte que teriam sido utilizadas como forma de dar aparência lícita aos valores provenientes de vantagens indevidas.

R$ 2,8 MILHÕES

Em julho, a Justiça já havia aceitado uma denúncia contra Edison Lobão e o filho Márcio Lobão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele já são réus na Lava Jato por crimes cometidos, segundo o MPF, entre 2011 e 2014, no valor de R$ 2,8 milhões, por intermédio da Odebrecht.

Com as informações do Poder360.