Neste sábado (15), pela manhã invadiram a casa do vereador de Teresina, Ítalo Barros, Quatro homens armados e fizeram ele e sua família reféns.

No momento do assalto estavam no local a mãe e o pai do parlamentar, além de sua noiva; Toda a ação não passou de 30 minutos, os bandidos que invadiram o imóvel que fica no bairro Cidade Jardim, na zona Leste.

A primeira pessoa a ser rendida pelos bandidos foi a mãe do vereador Italo Barros quando abriu a porta do imóvel por volta das 6h da manhã.

“Minha mãe por volta das 6h da manhã foi surpreendida por 4 elementos armados e esses 4 contavam com a cobertura de outras pessoas. Estavam todos armados e adentraram a minha casa encapuzados, utilizando de cautela com impressão digital. Eram extremamente educados, não agrediram ninguém”, relatou o vereador Italo Bastos.

De acordo com o vereador, os bandidos usaram da força apenas para destruir objetos da casa. Quebraram portas e vidros com chutes. “Eles destruíram a casa. Quebraram portas com chutes. Entraram no meu quarto com armas na mão. Trancaram todo mundo em um quarto e levaram vários objetos”, conta.

Foram roubados televisores, celulares e um carro da família. Dois vigias que chegaram no começo da manhã ao imóvel também foram rendidos. Segundo Italo Barros, os assaltantes conversaram entre si que a ação foi uma “parada” errada quando descobriram que ele era parlamentar.

Apolicia desconfia que os bandidos estavam atrás de Dinheiro supostamente guardado em casa pelo vereador.

“Eles discutindo entre si chegaram a conclusão que deram pra eles uma parada errada, pois descobriram que eu era vereador quando encontraram a minha carteira de vereador. Ai disseram: o cara é federal. Eu disse que era apenas vereador de Teresina e que não era policial, ai eles se acalmaram novamente. Eles viram que não tinham dinheiro, só objetos. Ficaram discutindo até a possibilidade de ter sido feito por uma pessoa que queria prejudicar eles e a mim”, relatou.

Traumatizado, o vereador criticou a falta de segurança na região e disse que o pai dele já foi baleado no local. “Fico triste e agradeço  a Deus por não ter feito nada com a gente. Meu pai há 7 anos levou um tiro aqui”, revelou.

A Polícia Militar foi chamada e as investigações já começaram. Os bandidos fugiram em veículos, dentre eles um pálio de cor chumbo.

Informações cidadeverde.com

Fotos do G1