A Polícia Civil do Piauí, que investiga o caso do estudante de 21 anos Gabriel Brenno Nogueira, que sofreu uma tentativa de homicídio na manhã da última quarta-feira, solicitou à justiça neste domingo (21) a prisão preventiva do suspeito do crime. A principal linha de investigação é de crime passional.

De acordo informações do delegado do 1º Distrito da Polícia Civil do Piauí Sérgio Alencar ao Meionorte.com, o jovem já estava sendo ameaçado de morte antes do crime. “Ele é um estudante oriundo do Maranhão, e ele estava hospedado nesta pensão, estudava para concurso. Ele chegou aqui em Teresina no começo do ano para estudar”, completa o delegado. O nome do suspeito do crime ainda não foi divulgado pelas autoridades devido a conclusão do inquérito de investigação.

O Hospital de Urgência de Teresina (HUT) informou na manhã deste domingo (21) que o quadro de saúde do estudante Gabriel Brenno permanece em estado grave.

Foto Reprodução
Foto Reprodução

Segundo o HUT, o estudante segue entubado e em ventilação mecânica. Desde que concluiu o Protocolo de Morte Encefálica, que apontou que ainda possui atividade elétrica cerebral, ele não obteve alterações clinicas consideráveis e continua em estado grave de saúde.

A Polícia Civil divulgou nessa semana com exclusividade à Rede Meio Norte prints de supostas conversas entre Gabriel com uma mulher que seria esposa do acusado.

Com as informações do portal Meio Norte.