_Prefeito e a primeira-dama Ringlasia, presos na Operação Bacuri, do Gaeco

Ringlasia Lima Fonseca, presa pelo Gaeco juntamente com seu esposo, o prefeito de Bertolínia-PI, Luciano Fonseca, durante a ‘Operação Bacuri’, teve sua prisão convertida em domiciliar.

A decisão é desembargador do Tribunal de Justiça do Piauí, Edvaldo Moura, expedida nessa quinta-feira (05). O magistrado, acatou o pedido, da defesa de Ringlasia, que alegou que ela é mãe de duas crianças, sendo que uma delas é portadora de necessidades especiais.

A Justiça ainda estabeleceu medidas cautelares como: proibição de se ausentar da comarca sem autorização judicial; proibição de manter contato com os outros investigados, agentes políticos, servidores e terceirizados de Bertolínia; comparecer a autoridade judicial toda vez que intimada.



CLIQUE AQUI PARA CURTIR A FRON PAGE DA MANCHETENET




Fonte:Redação Manchete Net/Encarando