Pelé

O ex-jogador de futebol Pelé foi um atleta reconhecido mundialmente por seus feitos no futebol brasileiro, mas está sendo acusado pela ex-esposa de não pagar pensão alimentícia para ela e os dois filhos, ambos com 23 anos, que teve com o rei do futebol durante o casamento.

Até o momento não se sabe se ele pode ser preso

Assíria do Nascimento, assim como os dois filhos, Celeste e Joshua, entraram na justiça em uma ação contra Pelé, pois segundo eles, o pagamento do valor referente a pensão estabelecida pela justiça no ato do divórcio não estava sendo quitado por Pelé.

Assíria e Pelé foram casados por 13 anos e durante esse relacionamento tiveram dois filhos. Em 2008, o romance do casal chegou ao fim, mas um valor de pensão foi estabelecido pela justiça para ser pago tanto para a esposa quanto para os filhos. Assíria tem o direito de receber 24 salários mínimos por mês, enquanto os dois filhos recebem 9 salários mínimos cada.

Leia Também:

Covid-19: Importação de vacina russa depende ainda de eficácia dos testes clínicos, diz diretor do Tecpar

A ex-mulher e os filhos estão sem receber pensão desde março de 2020

Segundo informações, o pagamento deixou de ser realizado em março. A ação tramita na justiça desde o mês de maio. O valor acumulado pelo não pagamento de pensão já chega a impressionantes 375 mil reais. O processo corre em segredo de justiça.

A ex-esposa do jogador mora com os filhos em Orlando, nos Estados Unidos. Pele ainda é obrigado a pagar pensão para os dois filhos por eles ainda não terem concluído os estudos na Universidade. Joshua está cursando Ciências do esporte e Celeste faz medicina.

*Com as informações do Jovem Pan