Justiça determinou transferência do ex-presidente para São Paulo


Uma ordem de Justiça determinou, nesta quarta-feira (7), que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja transferido de Curitiba, onde fica em uma cela da Polícia Federal, para o complexo prisional de Tremembé, no interior de São Paulo. O presídio é conhecido por abrigar criminosos envolvidos em casos de grande repercussão no país, como Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni, entre outros.

Veja abaixo a lista dos colegas famosos que Lula encontrará em Tremembé.

1. Alexandre Nardoni
Alexandre Nardoni foi sentenciado a 30 anos e 2 meses de prisão pela morte da filha Isabella, em 2008, quando ela tinha 5 anos. De acordo com a perícia, Alexandre e a madrasta de Isabella, Anna Carolina Jatobá, jogaram a menina do sexto andar do apartamento onde moravam, na capital paulista. A perícia afirma que Isabella sofreu esganadura e foi espancada antes de ser arremessada, já sem vida. Alexandre passou para o semiaberto em abril deste ano, após 11 anos em regime fechado.

2. Anna Carolina Jatobá
Esposa de Alexandre Nardoni e madrasta de Isabella, Anna Carolina também foi condenada pelo assassinato da enteada. Ela foi sentenciada a 26 anos e 8 meses de prisão. Desde 2017, ela cumpre pena em regime semiaberto.

3. Elize Matsunaga
Elize, de 37 anos, ficou famosa em 2012 por matar e esquartejar o marido, o empresário Marcos Kitano Matsunaga, executivo da marca de alimentos Yoki, no que ficou conhecido como Caso Yoki. Após matar o esposo a tiros, dentro de casa, Elize desmembrou o corpo e colocou os restos mortais em uma mala. As câmeras do prédio onde moravam flagraram o momento em que ela deixou o imóvel carregando a mala. O corpo do empresário foi encontrado na cidade de Cotia, dentro de sacos plásticos.

Na ocasião, Elize justificou o crime afirmando que havia descoberto uma relação extraconjugal do marido.

O Supremo Tribunal Federal a condenou a 16 anos e 3 meses de prisão. Ela conseguiu passar para o regime semiaberto neste ano.

4. Suzane von Richthofen
Suzane certamente é autora de um dos crimes mais emblemáticos do país: o assassinato de seus pais, Manfred e Marísia von Richthofen, em 2002, em São Paulo. Na ocasião, a jovem de classe média alta, de 18 anos, tramou o brutal crime e recrutou seu namorado, Daniel Cravinhos, e o irmão dele, Cristian, para execução. Na madrugada do dia 31 de outubro, ela abriu a porta da mansão da família e os irmãos subiram ao quarto dos pais de Suzane, que estavam dormindo, e os mataram com golpes de barras de ferro.

O crime foi motivado porque os pais de Suzane desaprovavam o relacionamento com Daniel.

Suzane e Daniel foram condenados a 39 anos e 8 meses de prisão, já a sentença de Christian foi de 38 anos e 6 meses. Os três estão cumprindo pena em regime semiaberto.

5. Lindemberg Alves
O motoboy de 31 anos é acusado de matar a ex-namorada Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos, em 2008, em São Paulo. O sequestro e cárcere privado da jovem e da amiga Nayara Silva foram acompanhados ao vivo pela imprensa brasileira e durou mais de 100 horas. Nayara foi libertada neste período, mas, a pedido da polícia, retornou ao cativeiro para ajudar na soltura da amiga. Ao fim das negociações, a polícia arrombou o apartamento e Lindemberg reagiu atirando em Eloá e também em Nayara, que sobreviveu.

O motoboy foi condenado a 98 anos e 10 meses de prisão.

6. Mizael Bispo
O ex-policial militar Mizael Bispo foi condenado a 20 anos de reclusão pelo assassinato da ex-companheira Mércia Nakashima, em 2010. Inconformado com a separação, ele atirou no queixo da advogada, a trancou no carro e jogou o veículo na represa de Nazaré Paulista. Ela ainda estava viva quando caiu na água.

7. Gil Rugai
O publicitário e ex-seminarista Gil Rugai foi autor das mortes do pai e da madrasta, em 2004, na capital paulista. Ele foi condenado a 33 anos e 9 meses de prisão. Gil tinha 20 anos quando cometeu o duplo homicídio. Na véspera do crime, seu pai havia descoberto que Gil estava fraudando a empresa da família e, por esta razão, tinha expulsado o filho de casa. Com as informações do Pleno News.