reprodução

 A instalação da CPI da COVID-19 no Senado, determinada pelo ministro do STF, Luís Roberto Barros, para investigar possíveis omissões do Governo Federal frente à pandemia,  tem como polo antagônico o senador Eduardo Girão.

O parlamentar cearense, inclusive, encabeça um movimento na Casa Legislativa para ampliar a CPI.

Ao todo, além de Girão, 33 senadores assinaram a lista para que as investigações contemplem estados e municípios. Tasso Jereissati e Cid Gomes, até o momento, não assinaram o documento.

O Focus teve acesso aos nomes. Veja abaixo: 

1 . Eduardo Girão
2. Alvaro Dias
3. Jorge Kajuru
4. Flávio Arns
5. Alessandro Vieira
6. Styvenson Valentim
7. Oriovisto Guimarães
8. Reguffe
9. Lasier Martins
10. Paulo Paim
11. Plínio Valério
12. Rose de Freitas
13. Izalci Lucas
14. Soraya Thronicke
15. Marcos do Val
16. Luis Carlos Heinze
17. Esperidião Amin
18. Fernando Bezerra Coelho
19. Eduardo Gomes
20. Elmano Férrer
21. Carlos Viana
22. Vanderlan Cardoso
23. Chico Rodrigues
24. Zequinha Marinho
25. Eduardo Braga
26. Marcos Rogério
27. Carlos Fávaro
28. Mecias de Jesus
29. Luís do Carmo
30. Ciro Nogueira
31.Roberto Rocha
32 Flávio Bolsonaro
33 Marcio Bittar
34 Rodrigo Cunha

“Com as informações do Focus