O jornalista Augusto Nunes partiu para cima do colega Glenn Greenwald durante o programa Pânico, na rádio Jovem Pan, no início da tarde desta quinta-feira (7). Após ser chamado de covarde, o novo contratado da Record deu um soco no rosto do editor do The Intercept Brasil.

De acordo com a jornalista Mônica Bergamo, Glenn Greenwald não sabia que Augusto Nunes estaria no programa, mas não hesitou em sua participação.

No ar, o jornalista do site The Intercept lembrou que o novo contratado da Record havia mencionado os seus filhos em um comentário há pouco tempo.

O jornalista norte-americano aproveitou o momento cara a cara, apontou o dedo e chamou o colega de “covarde”. Augusto ficou irado e partiu para a agressão. No estúdio, Emílio Surita e os colegas do programa apartaram a briga.

Por duas vezes, o veterano mirou no rosto de Glenn, mas acertou uma vez. Ele também retribuiu a agressão física, e revidou o chamando de “covarde” repetidamente. O Pânico suspendeu a edição após a agressão.

Confira:

Augusto Nunes assina com a Record

A Record anunciou a estreia de Augusto Nunes dentro do Jornal da Record a partir desta quarta-feira (23). O jornalista será o novo comentarista de política da edição de 0h30 do principal telejornal da emissora.

Ao lado do apresentador Sergio Aguiar, de segunda a sexta, Augusto fará análises das principais notícias do mundo político, além de estar presente nas principais coberturas do canal.

Na próxima quinta-feira (24), o veterano publicará sua primeira coluna no portal do Grupo Record, o R7, onde terá um espaço diário. Em breve, ele terá um podcast no site.

“Faltava na minha vida a Record, a única grande TV em que não havia trabalhado”, afirmou Augusto, com mais de 50 anos de carreira no jornalismo. “Vamos nos prender a fatos e análises dos fatos mais importantes do dia”, completou.



CLIQUE AQUI PARA CURTIR A FRON PAGE DA MANCHETENET




Fonte:Redação Manchete Net/RD1