O jogo entre River e América-RN, pela terceira rodada da Copa do Nordeste, terminou com confusão entre torcedores no estádio Albertão, em Teresina (PI).

VEJA O VIDEO DO QUEBRA PAU

A partida na noite deste domingo (9) foi vencida pelo time potiguar por 3 a 2.

No tumulto, ocorrido no segundo tempo de partida, balas de borracha foram disparadas em direção ao setor de cadeiras, e torcedores foram detidos pela Polícia Militar. Alguns ficaram feridos.

A primeira confusão começou no início do segundo tempo, com o terceiro gol do América. Torcedores do time potiguar soltaram rojões, que são proibidos nos estádios, no setor de arquibancada especial.

Depois disso, pelo menos três policiais foram ao setor fazer a divisão entre as torcidas dos dois times, o que não havia no início do jogo, e parte dos torcedores visitantes foram retirados do local.

No fim do jogo, um confronto entre torcedores do River e integrantes da Mecão Beer e Máfia Vermelha aconteceu no setor de cadeiras. Policiais saíram do gramado para a arquibancada especial e começaram a atirar balas de borracha para o setor de cadeiras. Quem estava no setor tomou conta do gramado para fugir do tumulto. Era possível ver crianças chorando no meio da correria.

Pelo menos três torcedores do América saltaram para a arquibancada especial, todos sem camisa – um deles com uma barra de ferro na mão e ferimento no rosto. Eles foram orientados pela delegação do América a descer pelo túnel do vestiário do time visitante.

Do lado de fora, policiais militares renderam pelo menos três torcedores detidos – os que desceram pelo vestiário do América.

O atacante Romário, autor do segundo gol do River, lamentou o episódio e relatou que sua filha ficou assustada com a confusão. “Cheguei no vestiário, minha esposa chorando com a minha filha. Cenas lamentáveis, muito triste. Não tenho o que comentar.”

VEJA MAIS:

River 2×3 América-RN – Copa do Nordeste – 3ª rodada

 

 


Redação Manchete Net/COM INFORMAÇÕES/cidadeverde