Com a pandemia de Covid-19, aplicativos de videoconferência estão vendo um surto de popularidade inédito.

A vitamina C é recomendada para aumentar a imunidade – Pixabay

O Facebook percebeu isso e começou a se mexer. A empresa anunciou o Messenger Rooms, com suporte para até 50 pessoas, e já está em processo de integrá-lo ao WhatsApp.

A novidade já está valendo para usuários que estão rodando a versão beta do WhatsApp no Android e no iOS. Dentro deste pequeno grupo, é possível acessar o ícone do clipe, ao lado do campo de digitação de mensagens, e ver o botão para acessar o Messenger Rooms.

Tecnicamente, o botão é apenas um atalho. Ao pressioná-lo, o usuário é direcionado para o Facebook Messenger, onde ele pode usar a funcionalidade de videoconferência para conversar com seus contatos. Não se trata de uma união entre as duas plataformas, pelo menos por enquanto.

Ao pressionar o botão pela primeira vez, o usuário vê uma janelinha de introdução sobre o Rooms antes de ser direcionado para o Messenger. Nas outras vezes, há apenas uma janela para confirmar se ele realmente quer abrir o outro aplicativo.

O botão do Rooms também aparece quando o usuário acessa a aba ?Chamadas? na parte inferior direito, logo acima do botão para iniciar uma nova chamada de voz.

Ainda não há previsão sobre quando o restante dos usuários, que não estão usando a versão beta, terão acesso ao botão.