Foto Reprodução

Durante a apresentação do Windows 11 em transmissão online veiculada hoje (24), o CPO da Microsoft, Panos Panay, anunciou a disponibilidade de aplicativos do Android no sistema operacional para computadores pessoais.

Segundo o executivo, a integração será feita por meio da Amazon, que disponibilizou a sua própria loja virtual de aplicativos para o Windows 11. Mais além, Panay ressaltou que isso não é um “espelhamento”, como o que estamos acostumados a ver com alguns modelos de smartphone, mas sim uma versão completa, com apps podendo ser encontrados e baixados diretamente pela loja virtual, no próprio computador.

A integração do Windows 11 com o Android será feita por meio da tecnologia Intel Bridge. Os aplicativos poderão ser afixados na barra de tarefas e terão compatibilidade com os novos esquemas de visualização de janelas do Windows 11, a fim de simplificar os trabalhos multitarefa do usuário.

Na demonstração veiculada pela empresa, vemos o TikTok sendo reproduzido de forma nativa dentro do Windows 11, inclusive com manipulação do tamanho de janelas para facilitar o trabalho multitarefas, sem queda de desempenho na reprodução do vídeo.

Com a novidade, a Microsoft retoma uma ideia iniciada lá em 2015: naquele ano, a empresa estava alavancando o Projeto Astoria, que permitira que desenvolvedores de Android adaptassem suas criações para o Windows. Um ano depois, a ideia caiu por Terra, com a Microsoft admitindo que justamente a tecnologia que fazia essa integração não estava trabalhando como deveria. A Intel parece ter resolvido esse problema agora em 2021.

“Com as informações do Olha Digital