Reagindo à investida de João Dória, que sinaliza possibilidade de apoio ao nome de Eduardo Paes para a prefeitura do Rio de Janeiro em 2020, de olho em uma base para a corrida presidencial de 2022, o governador Wilson Witzel (PSC) tem se dedicado “pessoalmente” à articulação com aliados do PSDB, como DEM e PP.

Segundo a coluna Poder, de Folha de São Paulo, o governador do Rio esteve, na semana passada, em um almoço na Bahia com o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM) e o presidente do Progressistas, senador Ciro Nogueira.

“Ao PP, ele ofereceu a secretaria da Agricultura, hoje ocupada pelo PRB, de Marcelo Crivella. Ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi reservada a supersecretaria de Infraestrutura, fruto de fusão de Obras com Companhia de Habitação”, diz Folha.



CLIQUE AQUI PARA CURTIR A FRON PAGE DA MANCHETENET



Fonte:180graus