Zona Franca de Tetesina, A redenção da economia do Piauí. Por Jorge Machado.

  • A cidade de Teresina, por sua localização estratégica no meio norte do Brasil, terá como facilitar a atração de mais de 45 milhões de usuários e consumidores para o comércio, educação e serviços de saúde.
    A oferta diversificada e variedade comercial, hoje compatível com os grandes centros do país, a excelência dos serviços de saúde e oferta de vagas nos institutos de ensino dos níveis médio e superior, permitem uma ação ousada como esta que identificamos a seguir…
    Cidades circunvizinhas como Sobral, Campos Sales, Jardim, Juazeiro do Norte, Tianguá, Crateús e outras menores do Ceará; Salgueiro, Araripina, Ouricuri, Petrolina e outras de menor porte de Pernambuco; Sobradinho, Casa Nova, Lagoa Grande, Campo Alegre de Lourdes e Juazeiro da Bahia; São Luís, Imperatriz, Caxias, Presidente Dutra, Codó, Coelho Neto, Chapadinha, Brejo, Bacabal, Coroatá, e outras do Maranhão; Belém, Ananindeua, Paragominas, Aurora, Ipixuna do Pará, Nova Esperança e algumas outras cidades de menor importancia do Pará; e ainda Palmas no Tocantins, somam mais de 50 milhões de consumidores localizados a menos de 1.000 km de Teresina. esta é a razão de termos criado a Zona Franca de Teresina

    • Por Jorge Machado.